Translate

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

EBR 1190RX - a saga das Buell continua com uma nova moto esportiva de respeito.

Por Waldyr Costa
Imagens divulgação/EBR

A nova EBR 1190RX vem repor a marca de Eric Buell no mercado com muitos atributos para continuar o sucesso do passado.

Tudo começou em 1983, quando Eric Buell, um ex-engenheiro da Harley Davidson, fundou sua própria montadora, a Buell Motorcycle Company, para fazer motos alternativas às que a HD oferecia. Eram motos com características mais esportivas e nakeds, que logo começaram a fazer sucesso. 


Modelo de sucesso da época da Buell, a 1125 S já tinha alguns dos principais elementos da 1190RX.

Usando motorização V2 da HD com preparação especial da própria Buell para ter o rendimento otimizado, as motos atingiram um patamar de qualidade muito bom em pouquíssimo tempo. Em 1983 a Harley se interessou e investiu na Buell, adquirindo 49% de participação. Com isso a Buell passou a fazer parte do Grupo Harley, tornando-se propriedade da HD dez anos depois, em 2003. Em 2006 a Buell já atingia a marca de 100.000 motos vendidas. Apesar do pouco conhecimento da marca, algumas motos começaram a ser vendidas aqui no Brasil com algum sucesso devido à logo HD estar estampada na faixada das vitrines das lojas, onde as motos eram vendidas como as "motos esportivas da Harley".

A nova 1190RX não nega as origens e carrega o estilo de design da 1125 S que a precedeu alguns anos atrás.

Mas a grave crise que afetou a Harley Davidson no final da década de 2000 colocou a Buell em xeque e em outubro de 2006 a HD fechou a Buell Motorcycle Company. Embora no mês seguinte, novembro de 2006, a própria HD iniciava uma nova parceria com Eric Buell para produzir motos de corrida para os campeonatos norteamericanos. 

A EBR 1190RX convida você a dar uma passeio.

Estava fundada a Eric Buell Racing - EBR - que logo estampou sua máxima tecnologia e qualidade para manter a fama das motos que melhor faziam curva no planeta. Elas têm um dos melhores e mais eficientes sistemas de freios disponíveis, além do excepcional desempenho do quadro da motocicleta e da exclusiva preparação que Eric dava aos motores HD, fazendo-os ter rendimento surpreendente para motores que também eram produzidos para as motos custom da Harley.

Painel digital estilo racing.

Essa eficiência tecnológica forçou Eric a colocar as suas motos à venda para uso nas ruas devido aos insistentes pedidos dos ex-donos de Buell e daqueles que sabiam da excepcional qualidade dos seus produtos. Estava iniciada a nova era da EBR. Para 2014 é lançada a 1190RX, derivada das motos de corrida e com toda a experiência e tecnologia de Eric embutida na moto. Apesar do pouco tempo, a EBR é como se fosse a Ducati dos Estados Unidos. E a 1190RX não decepciona nos números. São quase 14kgfm de torque, 185cv de potência e freio com enorme disco, perto de 40cm de diâmetro:

EBR 1190RX: torque de impressionar. Quase 14kgfm.

Motor V2 com refrigeração líquida
Capacidade de 1190cc com taxa de compressão 13,4:1
Injeção eletrônica com dois tipos de injetores por cilindro
Torque máximo de 13,8kgfm @ 8.200rpm
Potência máxima de 185cv @ 10.600rpm
Embreagem hidráulica com operação a vácuo
Rake e trail de 22,4º e 96,5mm
Quadro de alumínio com reservatório de combustível integrado
Balança traseira de alumínio de dureza otimizada
Suspensões Showa invertida na dianteira e traseira mono sem link
Disco de freio perimetral dianteiro de 386mm com pinca de oito pistões contrapostos (4:4)
Disco de freio traseiro de 220mm com dois pistões contrapostos (1:1)
Rodas de alumínio 3,5x17 polegadas na frente e 6,0x17 atrás
Pneus Pirelli Diablo Rosso Corsa 120/70 ZR-17 e 190/55 ZR-17
Altura do assento de 826mm
Altura mínima do solo de 120mm
Peso em ordem de marcha com tanque cheio 204kg
Reservatório de combustível para 17,1 litros
Preço de 19.000 dólares americanos (nos EUA)







Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: seu comentário passará pelo moderador antes de ser publicado, então não será publicado imediatamente. Procure escrever em bom Português e não utilize linguagem ofensiva. Se comentar como anônimo, informe seu nome. Comentários desrespeitosos, ofensivos e com linguagem imprópria serão excluídos.