Translate

quarta-feira, 2 de julho de 2014

EBR 1190SX: a naked superfighter da Erik Buell Racing é a mais potente do mundo.

Por Waldyr Costa
Imagens divulgação

A EBR 1190SX chega para ser a naked mais potente do mundo.

“Contando com o propulsor e os componentes de uma superbike, a EBR 1190SX é uma genuína moto de alta performance com genética de competição. Projetada para ser uma moto de rua dominante, a SX é igualmente uma devoradora de curvas nas estradas e dos pavimentos nas ruas.” (Erik Buell Racing, Facebook - 01/07/2014)



Estas bem apropriadas palavras traduzem resumidamente do que e como foi feita a 1190SX. Ela é praticamente a superesportiva 1190RX despida O motor não foi amansado como fazem as outras fábricas quando derivam uma naked de uma superesportiva - por exemplo: Honda CB1000R e Hornet 600, Kawasaki Z1000, Suzuki GSR750, Yamaha Fazer 600 etc.


O motor das EBR são derivados originalmente dos tradicionais motores V2 das Harley-Davidson. Mas como transformar um motor “impotente” numa usina de forca? Simplesmente tecnologia. Erik Buell tem sido o preparador de motores da Harley para as competições exclusivas com motores V2 nos Estados Unidos desde os anos 80. Depois de ter sido “o homem” da divisão de motos esporte da HD, a extinta BUELL nas décadas de 90 e 2.000, ele foi “exonerado” com a dissolução da marca pela Harley-Davidson após a penosa crise mundial que começou em 2008. Mas logo conseguiu abrir a sua própria fábrica. 


Todo o seu conhecimento no desenvolvimento de excepcionais chassis - daqueles que fazem moto grudar no chão nas mais radicais das curvas - preparação de motores e otimização dos sistemas de freios - é só olhar o tamanho do disco perimetral dianteiro, quase do tamanho da roda, com 386mm, são mais de 15 polegadas enquanto a maioria dos discos esportivos está na casa das 12 polegadas - também aproveitando toda e estrutura que ele próprio já tinha criado para a BUELL, Erik fez o que dele se esperava: excelentes motos. Ele pegou tudo que sabia e melhorou ao máximo, assim nasceu a Erik Buell Racing - EBR. A SX é a terceira moto do catálogo, as outras duas são as 1190RX (superesportiva) lançada em 2013 como modelo 2014 e a EBR ABS (superbike) a primeira cria.


Mas voltando a falar de motor, ele tem refrigeração líquida, utiliza escape de dois estágios, a taxa de compressão é 13,4:1 e utiliza dois injetores de combustível em cada cilindro - sendo um de carga (port) e outro de alto fluxo (shower head) - este V2 a 72º com exatos 11690cc que equipa a SX chega às 10.600rpm para entregar nada menos que 185cv, enquanto o torque de 13,8kgfm chega às 8.200rpm. Para se ter uma idéia, a Ducati Monster 1200 com motor V2 tem 145cv e a mais potente naked V2 era a KTM (até 30/06/2014) com impressionantes 180cv. Mesmo a aprilia Tuono com motor V4 de 1.000cc tem 170cv e a BMW S1000R com motor quatro em linha tem 160cv. Podemos dar a coroa de motor de naked mais potente do mundo para a EBR 1190SX.


Uma coisa interessante é o uso da corrente 520 na tração final ao invés da usual 530 que é mais reforçada. A embreagem tem acionamento hidráulico para o câmbio de 6 velocidades. O assento fica a 82,6cm de altura sem opção de regulagem. A altura livre do solo é de 12cm, o ângulo de rake é 22,4º e o trail é 9,65cm. A inclinação máxima da moto é de 48º com as rodas de 17x3,5 e 17x6 polegadas calçadas em pneus Pirelli Diablo Rosso Corsa 120/70 na frente e 190/55 atrás, respectivamente. A EBR 1190SX pesa 201kg totalmente abastecida e tem capacidade de carga para 173kg.


O quadro é de alumínio e também, por dentro, é um reservatório para gasolina com capacidade para 17 litros. A balança utiliza alumínio de dureza superior na sua construção. As suspensões são showa, sendo invertida na frente e na traseira vai direto na balança, sem link. O freio dianteiro utiliza apenas um discão perimetral de 386mm com pinça de 8 pistões dispostos 4x4, na traseira vai um mini disco de apenas 220mm com pinça de dois pistões 1x1.



As cores disponíveis serão branco, preto ou vermelho e o preço sugerido para venda ao consumidor final nos EUA é de cerca de US$ 17.000.


2 comentários:

  1. Caraca, US$ 17.000 nos EUA? Se vier para o Brasil somente a Dilma consegue comprar com o nosso dinheiro, ja que ela também gosta de motos, kkkkkkkkk (Luciano A.)

    ResponderExcluir
  2. Lindíssima essa moto! Apesar de me lembrar um transformer (rs), eu acho ela realmente MUITO bonita.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: seu comentário passará pelo moderador antes de ser publicado, então não será publicado imediatamente. Procure escrever em bom Português e não utilize linguagem ofensiva. Se comentar como anônimo, informe seu nome. Comentários desrespeitosos, ofensivos e com linguagem imprópria serão excluídos.