Translate

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Yamaha YZF R3 2016 brasileira: mini esportiva chega nacionalizada por R$ 20 mil.



PRESS RELEASE OFICIAL: YAMAHA DO BRASIL
Imagens divulgação.



A Yamaha do Brasil realiza o sonho de muitos jovens motociclistas trazendo a esportiva R3.

A Yamaha passa a produzir no Brasil o modelo global YZF-R3, que se destaca pelo design e excelente performance. Com admirável relação entre peso e potência, a R3 é uma motocicleta de alto desempenho, agilidade e fácil dirigibilidade, desenvolvida para pilotos iniciantes ou mais experientes, que desejam uma superesportiva para todos os dias. Seu visual expressa o DNA Yamaha R-series, em linha com a mais nova e mundialmente famosa YZF-R1, exibe um design moderno e agressivo, com linhas aerodinâmicas e estilo de uma autêntica superesportiva da Yamaha.




A R3 é equipada com motor de 321cc, 2 cilindros em linha, 4 tempos, DOHC, arrefecimento líquido, 4 válvulas por cilindro e injeção eletrônica. Com potência máxima de 42cv e torque de 3,02kgf.m, o motor possui materiais nobres para extrair sua melhor performance com menor peso, menos vibração, mais conforto e melhor dissipação de calor, como os pistões forjados em alumínio e o cilindro com a tecnologia DiASil Yamaha, fabricado com 80% de Alumínio e 20% de Silício. 




O sistema de admissão Downdraft Intake direciona o ar de forma descendente ao motor, em conjunto com a injeção eletrônica e ECU digital de 16 Bit, trabalhando em perfeita sincronia para uma rápida e eficiente queima de combustível, proporcionando performance excepcional de baixas a médias rotações, e notável aceleração em altas rotações, resultando em uma pilotagem divertida e com uma excelente combinação entre desempenho e consumo de combustível. O chassi é do tipo diamante, fabricado com tubos de aço de alta qualidade, proporciona resistência e simetria; é leve, slim, compacto e sustenta o melhor equilíbrio entre força e rigidez, garantindo uma pilotagem esportiva, ágil e com muita estabilidade. 




Disponível nas versões standard e ABS, a R3 possui freios a disco nas duas rodas, sendo o dianteiro flutuante de 298mm, e o traseiro com 220mm de diâmetro, os quais propiciam um alto poder de frenagem. 




A suspensão dianteira possui 130mm de curso e tubos internos de 41mm de diâmetro, proporcionando mais conforto, robustez, estabilidade e controle durante a pilotagem. Já o garfo traseiro, com formato moderno e assimétrico, possui 573mm de comprimento e dá à R3 a mesma relação de distância entre-eixos da R1, concedendo melhor entrega de potência na roda traseira. Com um curso de roda de 125mm, a suspensão traseira é do tipo Monocross e forma um conjunto leve e compacto que contribui para melhor centralização de massa, transmitindo ao piloto uma sensação agradável durante a aceleração e desaceleração, um dos pontos fortes na condução da R3. Além disso, o amortecedor traseiro ainda possui ajuste de pré-carga em sete posições para adequar-se ao tipo de pilotagem, terreno e carga. 




DNA R-Series 

O design da R3 origina-se do DNA Yamaha R-series. Integrando os faróis duplos arrojados e uma luz de posição exclusiva, o design agressivo da carenagem dianteira foi desenvolvido em camadas que percorrem às laterais, direcionando o fluxo de ar com o mínimo de resistência enquanto também arrefece o motor; transmite uma forte imagem de aderência e baixo centro de gravidade na parte frontal, expressando também toda a sua agilidade, performance e esportividade. 




As linhas aerodinâmicas permeiam por toda a máquina até a traseira, que exibe um recorte elevado, remetendo leveza e modernidade ao revelar sua lanterna em LED, e ainda reforça a sua esportividade com o formato característico do assento bipartido. O assento é slim e fica a apenas 780mm do solo, facilitando manobras mais curtas e alcance ao solo com a moto parada. 




No banco superior, há alça para o garupa e duas travas-capacete que concedem mais comodidade e segurança aos passageiros. O design da R3 também colabora para uma posição de pilotagem esportiva, porém mais ereta e confortável, mesmo dentro do trânsito intenso das cidades. Completando sua esportividade, as rodas de 10 pontas e 17 polegadas são fabricadas em alumínio fundido, com pneus tubeless, que garantem menor peso e estabilidade para todo o conjunto. 




Painel Multi-funcional com características da R1 

Iluminado por LED, o painel da R3 é completo e possui Shift Light, como na R1, pode ser ajustado de acordo com a preferência do piloto, que pode optar pelo tipo de acendimento (luz fixa, piscante e strobe), há 3 níveis de luminosidade, com acionamento a partir do RPM desejável (a partir de 7.000rpm), entre outras opções. Com conta-giros analógico à esquerda e display LCD à direita, o painel conta com indicador de marcha, nível de combustível, temperatura da água, relógio, hodômetro total e dois parciais, indicador de troca de óleo, consumo médio e instantâneo de combustível e muito mais. 




Produzida na fábrica da Yamaha em Manaus (AM), a nova YZF-R3 chega ao País, com 3 opções de cores: A Midnight Black (preta) é elegante, com esquema de cores mais discreto e visual high-tech; A Rapid Red (Vermelha e Branca) apresenta maior contraste de cores, com faixas dinâmicas que incitam adrenalina; e a Racing Blue (Azul e Prata Fosco), que herda a imagem global dos modelos mais recentes de competição da Yamaha, consagrando o cenário das pistas. 




O novo modelo estará disponível, na versão standard, a partir da segunda quinzena de setembro nas concessionárias Yamaha pelo preço sugerido de 19.990,00 + frete. A versão com ABS chega às concessionárias Yamaha a partir da segunda quinzena de novembro pelo preço sugerido de R$ 21.990,00 + frete. 




Condições Especiais de Compra Seguro 

O novo modelo conta com seguro com preço fixo, por R$ 2.000,00 (dois mil reais), que pode ser quitado à vista ou parcelado em 12 vezes fixas. Não há taxa de adesão, sem análise de perfil e sem franquia. As regiões que contemplam esse seguro são: SP, RJ, Campinas e Baixada Santista. O seguro cobre roubo e furto, com base na tabela Fipe, tem assistência 24 horas e ainda conta com rastreador Ituran. 




Financiamento Banco Yamaha 

O Banco Yamaha preparou condições exclusivas para o modelo R3, com entrada a partir de 20% e planos de financiamento em até 48 meses e taxa de juros a partir de 1,79%.

Somente no Banco Yamaha o cliente tem os diferenciais:

• Único Banco Especializado em Financiamentos de motos Yamaha

• Rapidez na análise de crédito

• Condições exclusivas para os modelos Yamaha

• Disponível em toda rede de concessionários

• Taxas e condições diferenciadas




Consórcio 

O Consórcio Yamaha lança o PLANO PREMIUM SOU + R3 para a nova Yamaha R3. O grande diferencial deste plano para o mercado é a taxa de administração de apenas 0.20% a.m. ou 12% no total de 60 meses, o que torna o plano extremamente atraente com uma das menores taxas do mercado, além de facilitar o acesso ao Novo Modelo de forma mais democrática, pagando uma parcela muito acessível (a partir de R$ 424,78 por mês, na versão Standard). 




Outro benefício deste plano é o número de contemplações mensais que podem chegar até 13 motos na inauguração e nas Assembleias seguintes até 10 Motos mensais conforme saldo de caixa do grupo. As vendas começam a partir de 03 de agosto de 2015, em toda a Rede Yamaha e o plano também poderá ser adquirido através da Venda On Line pelo endereço: www.consorcioyamaha.com.br. 



3 comentários:

  1. Waldyr, inicialmente parabenizo vc por este blog, por suas excelentes reportagens e informações sobre o mundo das duas rodas, sou fã dos seus textos, sempre muito esclarecedores e elucidativos. Tirei recentemente minha carteira de moto, ando pesquisando muito sobre qual marca/modelo comprar e interessei-me por este lançamento da Yamaha, a YZF-R3, pois tenho lido comentários e impressões muito boas sobre a mesma. Acha que é muita máquina para uma primeira moto? Tenho experiência alguma, só pilotei antes nas aulas da moto escola e no DETRAN. Acha que é muita petulância de minha parte querer "de cara" uma miniesportiva? Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigado. O problema não será a moto e sim o piloto. Uma R3 já consegue atingir velocidades acima dos 170km/h e é muito difícil para você se controlar e não usar toda a capacidade da moto. Quanto mais jovens somos, mais ousados também somos. Se você é um cara muito controlado e consciente, capaz de esperar ter pelo menos uns 6 meses de experiência antes de tentar algo mais forte com a moto, ok. Se não, dê um passo atrás. Eu lhe recomendaria fazer um curso de pilotagem imediatamente, se comprar a moto. É um investimento 100% necessário neste caso. As aulas de auto/moto escola, cá para nós, não ensinam nada, não é mesmo? Boa sorte e pilote consciente.

      Excluir
  2. Muito massa essa moto! O design é super atraente, é veloz e tem boas especificações.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: seu comentário passará pelo moderador antes de ser publicado, então não será publicado imediatamente. Procure escrever em bom Português e não utilize linguagem ofensiva. Se comentar como anônimo, informe seu nome. Comentários desrespeitosos, ofensivos e com linguagem imprópria serão excluídos.